terça-feira, 5 de março de 2019

Mídia virtual X Mídia Impressa


Durante muitos anos, os jornais impressos eram os principais veiculadores de notícias nos quatro cantos do mundo. Naquela época, os jornalistas e os repórteres eram os únicos responsáveis pela busca das notícias, pois havia a necessidade de checar a veracidade da fonte.

Embora o direito à liberdade de expressão esteja na Constituição em seu artigo 5, inc, IX, ela deixa de existir se estiver em rota de colisão com outros direitos fundamentais, como o caso da dignidade humana, da intimidade, da vida privada, do direito à vida, entre outros.

Contudo, a revolução digital ampliou e diversificou a comunicação através das redes sociais e os direitos fundamentais (como a ética) na divulgação de notícias deixaram de existir. O jornalista continua sendo insubstituível neste seguimento, mas as regras que orientam a sua atividade diária já não são mais as mesmas.

O crescimento da oferta de informações tornou obsoleta a função do jornalista de coletar, checar, formatar e distribuir notícias, tudo o que caracterizava o trabalho importantíssimo dos jornalistas durante muitos anos. A nova realidade digital está impondo ao jornalista a missão de dar as notícias mesmo sem checar a fonte, pois alguém divulgará primeiro em alguma rede social.

Em outras palavras, há a necessidade de gerar notícias para alimentar o veículo oficial de comunicação, pois o quantitativo de divulgação na mídia supera as expectativas. O jornalista deixou de ser o operário na linha de montagem das notícias e passou a ser um colhedor de dados. Está na hora de o jornalista rever a sua rotina de trabalho e seus valores profissionais e de comportamentos. Com o aumento da indústria de jornais e revistas virtuais, o jornalista terá que trabalhar pensando cada vez menos em ética e mais nas necessidades de divulgar notícias.

Responsabilidade

A diferença entre um veiculador de notícias virtuais e um jornalista é que este não transmite somente fatos, ele leva ao conhecimento dos leitores os males praticados contra o povo como o descaso em relação aos direitos e deveres dos cidadãos.
Já que somos adultos, nossa proposta é continuar trabalhando com responsabilidade para que a nossa missão seja alcançada plenamente.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Copyright © JORNAL IMPACTO | Suporte: Mais Template