domingo, 22 de março de 2020

Coronavírus e as Comunidades

As comunidades estão prontas para enfrentar a pandemia?

Alemão (RJ) - Foto: Luiz Martins
Nas grandes cidades, milhares de pessoas moram em comunidades e, em tempos de pandemia, sofrem com uma combinação perigosa: vírus circulando e falta de espaço. Nas comunidades, os moradores vivem aglomerados em habitações que comportam várias pessoas, muitas vezes em um só cômodo. Como é possível fazer o isolamento em cenários como esse?

Alemão (RJ) - Foto: Luiz Martins

Só na cidade do Rio de Janeiro há mais de 800 favelas, com mais de um milhão de pessoas vivendo em aglomerados subnormais. Não é de hoje que as comunidades são desassistidas e sofrem com a falta d'água, de um saneamento básico, e não têm como higienizar as mãos de maneira correta em suas casas, e precisam buscar água em outros pontos das comunidades, contrariando as indicações de permanecer em casa durante a quarentena.

Alemão (RJ) - Foto: Luiz Martins
A disseminação rápida do coronavirus evidencia as desigualdades sociais e raciais em todos os países, e no Brasil não seria diferente. As medidas recomendadas pelo isolamento são medidas paliativas tomadas pelos governantes, que deixam de fora a imensa massa de pessoas que moram em comunidades.

Mangueira (RJ) - Foto: Luiz Martins
Considerando o cenário atual do Coronavírus (COVID-19), os governantes deveriam criar uma situação de emergência em saúde pública para atender as comunidades. Acreditamos que seja fundamental a adoção de medidas individuais e coletivas para prevenir a ocorrência de casos em todo o território estadual, principalmente nas comunidades. As Secretarias de Saúde de todos os estados deveriam criar centros de operações de emergência em saúde em todas as comunidades carentes.

Mangueira (RJ) - Foto: Luiz Martins
Assim que foi anunciado a pandemia, sabíamos que seria preciso ampliar nossa cobertura, fazer reportagens ainda mais contundentes sobre o assunto. Essa foi a missão que abraçamos com o objetivo de enfrentar esse período marcado por constantes ameaças à liberdade das pessoas, mas de profunda necessidade de sobrevivência. Para isso, fazemos chamado aos nossos leitores, pois só com o apoio de todos podemos enfrentar esse maldito vírus. 

Babilônia (RJ) - Foto: Luiz Martins
Destacamos a importância que todos busquem por informações em fontes oficiais e colabore não disseminando notícias falsas, contribuindo assim na prevenção e enfrentamento da COVID-19. Seu apoio é muito importante neste momento crítico. Nós precisamos fazer ainda mais e prometemos estar juntos nessa guerra contra o vírus.
Equipe do Jornal Impacto.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Copyright © JORNAL IMPACTO | Suporte: Mais Template