sexta-feira, 13 de maio de 2022

Uma árvore de mamão

O Missionário e Jornalista Elias Ribeiro faz experiência em enxerto e transforma pé de mamão em uma grande árvore. 

Foto: Elias Ribeiro.

Aproximadamente há um ano e oito meses, Elias usou a técnica de enxerto e plantou um pé de mamão na área de sua residência, em Guadalupe, Rio de Janeiro - RJ. O pé de mamão, que já passa dos oito metros de altura, se transformou em uma árvore com diversos galhos, dando frutos em todos os galhos. 

Foto: Elias Ribeiro.

O Missionário Elias Ribeiro é presidente do INPASBRA - Instituto ImpactoSocial do Brasil e da APEB - Aliança de Pastores Evangélicos do Brasil. Elias, já fez outras experiências com enxertos na plantação de bananas, onde em apenas um pé de banana nasce dois cachos. 

O enxerto é a união do tecido de duas plantas diferentes e pode ser feito de várias maneiras. As principais mais usados são quando o solo tem bactérias e fungos, e só o porta-enxerto resiste às pragas. A outra maneira é quando se quer produzir um fruto com mais qualidade e mais quantidade.   

Foto: Elias Ribeiro.

Enxertia é um método utilizado por especialistas que trabalham com plantas (como botânicos ou agrônomos) e consiste na união de duas espécies diferentes. O processo acontece entre uma parte da planta denominada enxerto (ou cavaleiro), que é inserida em outra parte de outra planta (ou outro indivíduo de mesma espécie), que pode ser o sistema radicular ou o caule conhecida como porta-enxerto (ou cavalo). O porta-enxerto é responsável por conduzir minerais pela planta, enquanto que o enxerto é a parte de interesse da planta para continuar o desenvolvimento, sendo também responsável pela condução de substâncias orgânicas produzidas pela fotossíntese à planta enxertada. Os enxertos são oriundos de partes da planta principal que se deseja propagar, enquanto que o porta-enxerto, geralmente, utiliza sementes. 

O termo fotossíntese significa síntese pela luz, sendo o processo pelo qual plantas, algas e algumas bactérias utilizam a energia luminosa para produzir matéria orgânica. A fotossíntese é o principal meio de produção de energia dos seres autotróficos. Esse processo geralmente utiliza gás carbônico (CO2) e água (H2O) para a produção de matéria orgânica na forma de glicídios, a qual servirá de alimento para o organismo, liberando também gás oxigênio (O2) para a atmosfera no processo. Praticamente todo o oxigênio que compõe a atmosfera atual da Terra é resultado da fotossíntese. 

A semente é constituída pelo embrião, um tecido de reserva nutritivo (geralmente o endosperma) e um envoltório protetor, denominado de tegumento ou casca. É a unidade reprodutiva relacionada com a dispersão e sobrevivência das plantas. Uma grande variação no tamanho, forma, coloração e aspecto superficial ocorre nas sementes, sendo que essas características são de grande importância para sua identificação.

Em um enxerto cada planta conserva suas características e os tecidos não são unidos por completo. Porém, a condução de água e minerais pelo xilema e das substâncias orgânicas originadas pela fotossíntese e transportadas pelo floema acontecem normalmente. 

Há possibilidade de fazer enxerto entre plantas de diferentes famílias (categoria taxonômica), demonstrada por diversos especialistas. Existem métodos de enxertia mais utilizados, como a borbulhia, que consiste em se destacar a gema vegetativa (ou borbulha) da planta matriz, aquela selecionada para propagação e introduzi-la no porta-enxerto, que pode ser de uma espécie próxima, ou a mesma. A garfagem é outro método, onde se destaca parte do ramo (enxerto) que será inserido no caule de outro (porta-enxerto). Dentre estes métodos são classificados alguns tipos, onde são selecionados aqueles que garantem maiores chances de sucesso. 

Ao cultivo de árvores que produzem frutos dá-se o nome de fruticultura. Este é um conjunto de técnicas para a exploração e produção comercial de frutas em que a procura no mercado é tanto para consumo natural como para o uso na produção de alimentos industrializados, aromatizantes, cosméticos e até uso medicinal. 

O Brasil ocupa hoje o terceiro lugar como um dos maiores produtores mundiais de frutas, produzindo 42 milhões de toneladas por ano. Esse número é resultado da diversidade de climas e solo que o país possui – condições ecológicas que contribuem para a produção de frutas de ótima qualidade. (Por Luiz Martins).

terça-feira, 3 de maio de 2022

Crea-RJ promove debate sobre ética profissional

Nesta sexta-feira, 6 de maio, às 10h, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio de Janeiro (Crea-RJ) realizará um debate virtual, ao vivo, sobre "Avanços para uma nova Ética Profissional". A abertura será feita pelo presidente do Crea-RJ, Luiz Antonio Cosenza, e pelo Diretor Geral da Mútua RJ (Caixa de Assistência dos Profissionais dos Creas), Luiz Felipe Pupe, tendo como mediadora a Coordenadora da Comissão de Ética Profissional do Crea-RJ, engenheira civil Carmen Petraglia. 

Obra sem licença e sem projeto.

Os palestrantes serão: Carmem Eleonôra Amorim, engenheira civil e Coordenadora da Comissão Nacional de Ética Profissional do Confea, que falará sobre " A nova ética da modernidade"; Juliana de Mendonça Casadei, engenheira agrônoma e ex-Conselheira do Crea-MS, com a palestra "Ética e Compliance"; Eduardo Luis Lafetá de Oliveira, engenheiro civil e Conselheiro regional do Crea-DF, que abordará o tema " Termos de ajuste de conduta -- Aplicação na ética profissional"; e Luiz Fernando Nunes, Oncologista e Diretor das Comissões de Ética Médica do Cremerj, com a palestra " Atuação das Comissões de éticas profissionais em estabelecimentos de saúde no RJ". (Por Luiz Martins) 

Fonte: Crea - Cristina Freitas (cristina@libris.com.br)

O debate vai acontecer pelo canal WebTV CreaRJ. 

quinta-feira, 14 de abril de 2022

Transporte público no Carnaval 2022

A Prefeitura do Rio preparou uma operação especial para o sistema de transporte público no Carnaval. A orientação é que a população planeje suas viagens com antecedência por conta das interdições que ocorrerão nos entornos do Sambódromo, no Centro, e da Estrada Intendente Magalhães, na Zona Norte. 

Foto: Luiz Martins

As linhas de ônibus sofrerão modificações nos itinerários que passam por áreas interditadas. Metrô e Supervia funcionarão durante a madrugada, e táxis terão pontos de embarque no entorno do Sambódromo. 

Operação nos  dias dos desfiles: 

ÔNIBUS - SAMBÓDROMO: 

Semelhante aos anos anteriores, todas as linhas de ônibus das Zonas Norte e Oeste para o Centro e Zona Sul farão desvio pelo Rio Comprido. As linhas provenientes da Zona Sul circularão pela pista lateral da Avenida Presidente Vargas, sentido Praça da Bandeira. Veja as alterações no itinerário de cada linha que passa pela região. 

INTENDENTE MAGALHÃES: 

Linhas procedentes da Rua Domingos Lopes, com destino a Vila Valqueire, seguirão pela Rua Maria José, Rua Andrade Araújo, Rua Maria José, Rua Pereira de Figueiredo e Estrada Intendente Magalhães. São elas: 

363 – VILA VALQUEIRE X CANDELÁRIA

383 – REALENGO X PÇA. DA REPÚBLICA (VIA SULACAP)

391 – PADRE MIGUEL X PRAÇA TIRADENTES

624 – MARIÓPOLIS X PRAÇA DA BANDEIRA

745 – BANGU X CASCADURA

746 – JABOUR X CASCADURA

775 – JARDIM AMÉRICA X MADUREIRA (CIRCULAR)

779 – PAVUNA X MADUREIRA (VIA RUA JOÃO VICENTE)

794 – CASCADURA X BANGU (VIA BARATA)

917 – REALENGO X BONSUCESSO

2345 – V. VALQUEIRE X CASTELO (VIA NORTE SHOPPING/R. QUIRIRIM) 

Linhas procedentes da Estrada Intendente Magalhães com destino ao Largo do Campinho seguirão pela Rua Anália Franco, Rua Pinto Telles, Rua Cândido Benício e Largo do Campinho. São elas: 

363 – VILA VALQUEIRE X CANDELÁRIA

383 – REALENGO X PÇA. DA REPÚBLICA (VIA SULACAP)

624 – MARIÓPOLIS X PRAÇA DA BANDEIRA

745 – BANGU X CASCADURA

746 – JABOUR X CASCADURA

794 – CASCADURA X BANGU (VIA BARATA)

2345 – V. VALQUEIRE X CASTELO (VIA NORTE SHOPPING/R. QUIRIRIM)

METRÔRIO – OPERAÇÃO 24 HORAS 

Esquema especial de funcionamento: serviço sem interrupção a partir das 5h de 20/04 (quarta-feira) até 23h de 24/04 (domingo). No domingo, 24/04, todas as estações estarão abertas até 23h, exceção para as estações Praça Onze e Central que ficarão abertas até meia-noite para embarque. As demais estações funcionarão apenas para desembarque. 

Clientes deverão ficar atentos aos esquemas de transferência entre as linhas 1 e 2. A estação Cidade Nova será fechada nos dias 21, 23 e 24 (quinta, sábado e domingo) por conta da transferência entre as linhas, que será feita na estação Estácio. As demais estações ficarão abertas durante o carnaval. 

Estações indicadas para acesso à Sapucaí:

Setores pares: Praça Onze

Setores ímpares e Terreirão do Samba: Central

Desfile das Campeãs: serviço sem interrupção a partir das 5h do dia 30/04 (sábado) até 23h do dia 01/05 (domingo). 

TRENS – SUPERVIA: 

21/04 (quinta-feira) e 24/04 (domingo) – grade regular de domingo. 

22/04 (sexta-feira) – grade regular de dias úteis

23/04 (sábado) – grade regular de sábado

Serão disponibilizados trens extras nas madrugadas para que o público presente nos desfiles das escolas de samba possa retornar para casa. 

TÁXIS: 

Haverá pontos de táxi para embarque de passageiros no entorno do Sambódromo.

Categorias: 

Táxi.Rio Cidades – táxis do tipo “amarelinho” que estão cadastrados no aplicativo da prefeitura. 

Táxis comuns – táxis do tipo “amarelinho”. 

Táxis especiais Liesa – táxis contratados pela Liesa, de cores diversas, menos amarela.

Pontos para embarque:

Rua Estácio de Sá e alça de acesso à Avenida 31 de Março – próximo à Rua Frei Caneca (Comum). 

Rua Afonso Cavalcanti, 275 (Táxi.Rio Cidades). 

Av. Salvador de Sá, sob o viaduto da Av. 31 de Março e Rua Tomás Rabelo (Especial Liesa)

Pontos para abastecimento: 

Rua      Afonso Cavalcanti – CASS (Táxi.Rio Cidades)

Rua      Joaquim Palhares, Rua Marquês de Pombal, Rua   Professor Clementino Fraga, Rua de Santana, Rua Frei Caneca – Batalhão de Choque (Comum)          

Rua      Paula Matos e Rua José de Alencar, Rua Aníbal Benévolo e Rua Presidente Barroso (Especial Liesa).              

Acessos táxis: 

ÁREA TÁXI.RIO

Acesso de táxis às áreas bloqueadas entre os dias 20 e 24/04 (desfile principal) e 29 e 30/04 (desfile das campeãs): 

– Até as 22h, liberado a todos os táxis;

– Entre 22h e 8h, somente táxi especial contratado pela Liesa e táxis amarelos selecionados no Taxi.rio. 

– Após 08h, liberado a todos os táxis; 

ÁREA TÁXI ESPECIAL LIESA: SETOR PAR 

Acesso de táxis às áreas bloqueadas entre os dias 20 e 24/04 (desfile principal) e 20 e 30/04 (desfile das campeãs): 

– Entre 18h e 23h, liberado a todos os táxis.

– Entre 23h e 06h, somente táxi especial contratado pela Liesa.

– Após 06h, liberado a todos os táxis. 

VLT CARIOCA: 

As linhas 1, 2 e 3 do VLT Carioca estarão em funcionamento normal durante o período de desfiles de Carnaval e feriados de Tiradentes e São Jorge. Os trechos manterão circulação das 6h até meia-noite entre quinta (21) e domingo (24), com intervalos de 10 a 20 minutos. 

BRT: 

A MOBI-Rio informa que as pessoas que quiserem se deslocar para os desfiles da Intendente Magalhães devem saltar na estação Campinho. As linhas que alimentam a estação são:

Nos dias úteis (20 e 22/04) 

35A Madureira X Jardim Oceânico (Parador) – 04h às 22h

38 Alvorada X Fundão (Parador) – 22h a 0h

41 Madureira x Terminal Recreio (Expresso) – 05h às 20h

46 Penha X Alvorada (expresso) – 04h às 22h 

No dia (21/04) 

35 Madureira X Alvorada (Parador) – 04h às 22h

38 A Alvorada X Fundão (Parador) – 21h à 0h

46 Penha X Alvorada (expresso) – 04h às 22h

O esquema operacional do BRT de 20 a 24/04

20/04 (quarta-feira) e 22/04 (sexta-feira) – Operação normal, com todas as linhas em operação. 

21/04 (quinta-feira) e 23/04 (sábado) – Operação normal de sábado.

24/04 (domingo) – Operação normal de domingo. 

PROGRAMAÇÃO DOS DESFILES NO SAMBÓDROMO: 

20/4 (Quarta-feira) – Série Ouro – Liga RJ

21/4 (Quinta-feira) – Série Ouro – Liga RJ

22/4 (Sexta-feira) – Grupo Especial – Liesa

23/4 (Sábado) – Grupo Especial – Liesa

24/4 (Domingo) – Desfile das Crianças – Aesm-Rio

26/4 (Terça-feira) – Apuração das notas do Grupo Especial

30/4 (Sábado) – Desfile das Campeãs – Liesa 

SERVIÇO: DESFILES NA INTENDENTE MAGALHÃES: 

20/4 (Quarta-feira) – Federação de blocos

21/4 (Quinta-feira) – Grupo de Avaliação – Superliga

22/4 (Sexta-feira) – Série Bronze – Superliga

29/4 (Sexta-feira) – Série Prata – Superliga

30/4 (Sábado) – Série Prata – Superliga

(Por Luiz Martins) 

Fonte: Prefeitura do Rio.

Crea-RJ fiscalizará montagem do Rock In Rio

O Rock in Rio, maior evento musical da América Latina, voltará a ser realizado entre os dias 2 e 11 de setembro e o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio de Janeiro (Crea-RJ), estará atuando mais uma vez na Cidade do Rock, na fiscalização da montagem da estrutura do festival, junto com a organização do evento.  


Nos próximos meses, o Crea-RJ participará de palestra com fornecedores parceiros do festival e fiscalizará in loco a atuação dos profissionais da Engenharia. 

"Na palestra, daremos orientações sobre as atribuições de cada profissional, em cada modalidade. E dois meses antes do festival, nossos fiscais vão a campo verificar a atuação de todos os responsáveis envolvidos na montagem da estrutura, a fim de identificar a responsabilidade técnica pelas obras ou serviços prestados. Também vamos corrigir possíveis irregularidades que possam surgir", explicou o Supervisor de Fiscalização do Crea-RJ, Alex José dos Santos. 

Segundo Santos, o número de irregularidades na montagem do Rock in Rio vem caindo a cada ano, o que ele atribui ao trabalho antecipado de orientação do Crea-RJ e demais órgãos fiscalizadores. (Por Luiz Martins)

Fonte: ExLibris

Absorva essa ideia

Shoppings da brMalls arrecadam mais de 40 mil absorventes em prol do combate à pobreza menstrual no Brasil. 

Foto: Bigstock (Gazeta do Povo)

Durante o mês de março, cerca de 20 shoppings da brMalls se uniram ao Fluxo sem Tabu na campanha #AbsorvaEssaIdeia para arrecadar absorventes para mulheres em situação de vulnerabilidade social em diferentes regiões do país. No total, foram doadas mais de 42 mil unidades em shoppings da rede em São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Amazonas.

“Estamos muito felizes com o engajamento dos visitantes dos nossos shoppings durante a campanha. Foi com esse espírito de solidariedade que, juntos, conseguimos resultados que superaram as nossas expectativas”, relata Vanessa Amorim, diretora de Marketing da brMalls.

Em São Paulo, os shoppings Mooca Plaza, VillaLobos, Jardim Sul, Metrô Santa Cruz, São Bernardo Plaza e Campinas Shopping receberam as doações. Em Minas Gerais, o Independência Shopping, Estação BH, Del Rey e Center Shopping Uberlândia; Plaza Shopping Niterói, NorteShopping e Shopping Tijuca, no Rio de Janeiro; Shopping Estação e Catuaí Shopping Londrina, no Paraná; Estação Cuiabá, em Mato Grosso; Shopping Campo Grande, em Mato Grosso do Sul e Amazonas Shopping, no Amazonas.

Os absorventes serão distribuídos nas regiões onde foram doados. A distribuição dos produtos será coordenada pela ong, cujo projeto visa levar dignidade menstrual às camadas mais vulneráveis da sociedade.

Sobre a brMalls:

A brMalls é a maior empresa de shoppings centres do Brasil com atuação nas cinco regiões do país. Orientada pela inovação e com o propósito de transformar seus espaços em destinos de felicidade e oportunidades, a companhia busca promover - com um mix diversificado - a melhor experiência ao consumidor e gerar resultados sólidos e de longo prazo para lojistas e investidores. (Por Luiz Martins)

Fonte: brMalls

quarta-feira, 13 de abril de 2022

Museu do Amanhã sobre a Amazônia e direitos da Natureza

Museu do Amanhã convida o público a conversar sobre a Amazônia e direitos da Natureza. 

Foto: Luiz Martins

Parceria com o Grupo CCR, por meio do Instituto CCR, retoma visitas gratuitas às terças-feiras. 

No mês de abril, o Museu do Amanhã traz ao público diversas atrações que exploram os desafios que a humanidade terá de enfrentar nas próximas décadas, a partir das perspectivas da sustentabilidade e da convivência. O Grupo CCR, por meio do Instituto CCR, companhia de mobilidade humana, focada em fazer caminhos melhores e mais seguros para a sociedade, é um dos mantenedores do Museu do Amanhã/RJ, que, recentemente, venceu o Leading Culture Destinations Award, considerado o Oscar dos museus, na categoria de melhor experiência digital. 

Programação de abril:

Neste mês, destaque para atrações sobre a Floresta Amazônica e sobre os povos indígenas do país. A exposição “Fruturos - Tempos Amazônicos”, por exemplo, é a mostra com maior número de objetos da história do Museu do Amanhã e está disponível para visitação até o dia 12 de junho. 

Terça Gratuidade:

Às terças-feiras, o Museu do Amanhã está aberto para visitas gratuitas. Com o apoio do Grupo CCR, celebrado por meio do Instituto CCR, braço social da companhia, o programa Terças Gratuitas proporciona o acesso livre de qualquer visitante, além de incentivar a inclusão social. 

Confira abaixo a programação do mês de abril: 

Museu em Libras - Fruturos

14 de abril, das 16h às 17h30 -- Presencial com transmissão on-line 

Exposição Fruturos - Tempos Amazônicos
17 de dezembro de 2021 a 12 de junho de 2022 

Rolê Steam: para onde vamos?
26 de abril -- Área externa do Museu do Amanhã 

Seminário Amazônia
28 e 29 de abril, das 10h às 13h -- Presencial com transmissão on-line 

Rolê ODS: Dia da Terra

19 de abril 

Clube da Horta -- Direitos da Natureza: Retomada Terra Indígena
30 de abril, das 15h às 16h30 

Visitas Mediadas
Terça a sexta, das 10h às 12h 

Atrações online
Clube de leitura do Museu do Amanhã - Livro: Maria Altamira
30 de abril, das 10h às 12h 

Televisitas
Terça a sexta, das 10h30 às 12h

(Por Luiz Martins)

Fonte: Instituto CCR

Concessão do Saneamento no RJ podem gerar benefícios acima dos R$ 37 bi em 30 anos

Dois blocos da concessão do saneamento no RJ podem gerar benefícios acima dos R$ 37 bi em 30 anos com a expansão dos serviços e gerar mais de 36 mil empregos. 


Estudo do Instituto Trata Brasil aponta que regiões do bloco 1 poderiam ganhar quase R$ 13,7 bi com benefícios socioeconômicos, e bloco 4, até R$ 24,6, somente com a expansão dos serviços de água e esgotamento sanitário. 

Atento ao novo momento do país com a aprovação do Novo Marco Legal do Saneamento Básico, o Instituto Trata Brasil, em parceria com a EX ANTE Consultoria Econômica, publica estudo que avalia os benefícios econômicos da expansão do saneamento nos blocos 1 e 4 da concessão da Cedae do Rio de Janeiro, adquiridos em 2021 após leilão do BNDES. Essa análise minuciosa dos blocos do Rio de Janeiro acontece ao passo que o país ainda enfrenta inúmeros desafios frente ao saneamento básico: dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), ano 2020, mostram que o país ainda possui 35 milhões de pessoas sem acesso à rede de água potável e mais de 100 milhões sem coleta dos esgotos. Somente 50% dos esgotos gerados no país são tratados, o que equivale a jogar todos os dias na natureza uma média de 5,3 mil piscinas olímpicas de esgotos sem tratamento. 

O Estado do Rio de Janeiro possui mais de 17,3 milhões de habitantes espalhados em 92 municípios e, de acordo com informações do SNIS, em 2020, 90,5% da população eram atendidas com abastecimento de água, enquanto 66,8% possuíam coleta de esgoto; 47,1% do volume de esgoto coletado eram tratados. Além disso, a média de perdas na distribuição de água foi de 46,7%, valor acima da média nacional, ou seja, quase metade da água é perdida.

O estudo dos blocos 1 e 4 traz uma abordagem ampla dos ganhos que os municípios presentes nestes grupos teriam de 2021 a 2040, prazo limite para a universalização desses serviços de acordo como novo Marco Legal do Saneamento (Lei Federal 14.026/2020), mas também em um cenário até 2056, prazo usual nos contratos de concessão e subconcessão do setor.

O Bloco 1 de concessão da CEDAE é formado pelos municípios de Aperibé, Cachoeiras de Macacu, Saquarema, Tanguá, São Sebastião do Alto, Cambuci, Cantagalo, Casimiro de Abreu, Cordeiro, Duas Barras, ltaboraí, Rio Bonito, São Francisco de ltabapoana, São Gonçalo, Magé, Maricá e Miracema e os seguintes distritos da capital: Botafogo, Copacabana, Lagoa e Rocinha. 


O Bloco 4 de concessão da CEDAE é constituído pelos municípios de Belford Roxo, Duque de Caxias, Japeri, Mesquita, Nilópolis, Nova Iguaçu, Queimados e São João do Meriti e os seguintes distritos da capital: Centro, São Cristóvão, Rio Comprido, Zona Portuária, Santa Tereza, Paquetá, Tijuca, Vila Isabel, Ramos, Penha, Vigário Geral, Ilha do Governador, Complexo do Alemão, Complexo da Maré, Méier, Inhaúma, Jacarezinho, Irajá, Madureira, Anchieta e Pavuna. 


PRINCIPAIS GANHOS FUTUROS COM A UNIVERSALIZAÇÃO DO SANEAMENTO BÁSICO

Entre 2005 e 2019, período de 15 anos, os benefícios devido à expansão do saneamento alcançaram R 5 bilhões no Bloco 1 e R 9,4 bilhões no Bloco 4.

Com a universalização do saneamento até 2040, o Bloco 1 teria ganhos líquidos, ou seja, já descontados os investimentos necessários, de R 4,9 bilhões em benefícios e, até 2056, um ganho líquido de R 5,4 bilhões. O Bloco 4 até 2040 teria ganhos líquidos, ou seja, já descontados os investimentos necessários, de R 8,3 bilhões em benefícios e, até 2056, um ganho líquido de R 8,1 bilhões. 

REDUÇÃO DE CUSTOS COM A SAÚDE DE 2021 A 2056. 

O valor presente da economia total com a melhoria das condições de saúde da população dos municípios do bloco entre 2021 e 2056 deve ser de R 25,1 milhões, que resultará num ganho anual de R$ 717 mil. 

No bloco 4, o valor presente da economia total com a melhoria das condições de saúde da população deve ser de R 76,3 milhões, que resultará num ganho anual de R 2,1 milhões. 

AUMENTO DA PRODUTIVIDADE NO TRABALHO DE 2021 A 2056. 

Estima-se que um crescimento na produtividade devido à dinâmica futura do saneamento dos dois blocos. O valor presente do aumento de renda do trabalho com a expansão do saneamento entre 2021 e 2056 será de R 2,2 bilhões, que resultará num ganho anual de R 65,2 milhões para o Bloco 1. 

Em relação ao Bloco 4, o valor presente do aumento de renda do trabalho com a expansão do saneamento entre 2021 e 2056 será de R$ 2,7 bilhões, que resultará num ganho anual de R 77,3 milhões. 

VALORIZAÇÃO IMOBILIÁRIA DE 2021 A 2056. 

Em termos de renda imobiliária, estima-se que o ganho para os proprietários de imóveis que alugam ou que vivem em moradia própria será de R 15,6 milhões por ano no conjunto dos municípios e distritos do Bloco 1, o que totalizará um ganho a valor presente de R 546,5 milhões entre 2021 e 2056. 

Para o bloco 4, estima-se que o ganho para os proprietários de imóveis que alugam ou que vivem em moradia própria será de R$ 12,3 milhões por ano no conjunto dos municípios e distritos. O que totalizará um ganho a valor presente de R$ 433,2 milhões entre 2021 e 2056.

Esses valores foram calculados tomando por referência o estoque estimado de moradias do ano de 2020 e os valores de aluguel — pagos ou implícitos, ou seja, o custo de oportunidade dos proprietários de imóveis próprios - médios de 2020 e o que prevalecerão com a universalização do saneamento. 

RENDA DO TURISMO DE 2021 A 2056. 

No Bloco 1, entre 2021 e 2056, o valor presente dos ganhos com o turismo deve alcançar R$ 471,5 milhões, indicando um fluxo médio anual de R$ 13,4 milhões no período.

O valor presente dos ganhos com o turismo deve alcançar R$ 703,5 milhões no Bloco 4, indicando um fluxo médio anual de R$ 20,1 milhões no período. 

Esses ganhos são frutos da valorização ambiental que pode ser obtida com a despoluição dos rios e córregos e a oferta universal de água tratada, pré-condições para o pleno exercício das atividades de turismo. 

RENDA GERADA PELOS INVESTIMENTOS E OPERAÇÕES DE 2021 A 2056. 

Investimentos:

Entre 2021 e 2056, o valor presente dos investimentos em saneamento deve alcançar R$ 6 bilhões no Bloco 1. A renda direta, indireta e induzida gerada por esses investimentos deve somar R$ 7,1 bilhões. Assim, os excedentes de renda gerada pelos investimentos devem ser de R$ 1 bilhão no período.

No bloco 4, o valor presente dos investimentos em saneamento deve alcançar R$ 11,7 bilhões. A renda direta, indireta e induzida gerada por esses investimentos deve somar R$ 13,7 bilhões. Assim, os excedentes de renda gerada pelos investimentos devem ser de R 2 bilhões no período. 

Operações:

Entre 2021 e 2056, o valor presente do incremento de renda nas operações de saneamento deve alcançar R$ 2,9 bilhões no Bloco 1. O valor presente do aumento de despesas das famílias com essas operações deve somar R 2,2 bilhões. Assim, o excedente de renda gerada pela ampliação das receitas da operação de saneamento será de R$ 679,5 milhões no período de 2021 e 2056. 

O valor presente do incremento de renda nas operações de saneamento deve alcançar R$ 6,2 bilhões no Bloco 4. O valor presente do aumento de despesas das famílias com essas operações deve somar R$ 4,8 bilhões. Assim, o excedente de renda gerada pela ampliação das receitas da operação de saneamento será de R 1,4 bilhão no período de 2021 e 2056. 

O LEGADO DA UNIVERSALIZAÇÃO. 

A universalização do saneamento deixará um legado para o futuro. A redução dos custos com a saúde deverá gerar um ganho total de R$ 13,9 milhões na economia das cidades do Bloco 1. O aumento de produtividade da força de trabalho deve somar R$ 1,8 bilhão. O aumento esperado da renda imobiliária tem um valor presente total de R$ 325,6 milhões. 

Há os ganhos de geração de renda que vêm com o investimento e após a universalização, para a manutenção dos sistemas, e com o próprio crescimento das operações de saneamento. Estima-se que os ganhos de renda total serão de R$ 3,2 bilhões no período pós 2056. 

Nas cidades do Bloco 4, a redução dos custos com a saúde deverá gerar um ganho total de R$ 42,4 milhões na economia das cidades. O aumento de produtividade da força de trabalho deve somar R$ 2,2 bilhões. O aumento esperado da renda imobiliária tem um valor presente total de R$ 258,1 milhões. Estima-se que os ganhos de renda total serão de R$ 6,7 bilhões no período pós 2056. 

Importante mostrar que, no período de 2021 a 2056, haverá um movimento crescente de geração de emprego e renda durante a expansão das redes e a estabilização num patamar de 11 mil postos de trabalho no Bloco 1. A renda gerada pelos investimentos e atividades deve superar R$ 3 milhões por ano no final desta década. Já no bloco 4, haverá um movimento crescente de geração de emprego e renda durante a expansão das redes e a estabilização num patamar de 25 mil postos de trabalho. A renda gerada pelos investimentos e atividades deve superar R$ 7 milhões por ano no final desta década.

Além dos ganhos sociais e econômicos, há os ganhos ambientais com a despoluição dos mananciais, rios, córregos e lagos da região, com ganhos inestimáveis, será um grande legado da universalização do saneamento nos blocos 1 e 4 do Rio de Janeiro.

Para Luana Siewert Pretto, Presidente Executiva do Instituto Trata Brasil, a transformação socioeconômica no Estado do Rio de Janeiro é possível com a expansão do saneamento, assim como a recuperação ambiental com eventuais despoluições de rios, lagoas e praias. “Estimando somente para dois blocos do RJ, chegamos a um cálculo de benefícios socioeconômicos na ordem de R$ 13 bilhões, isso mostra o potencial que todo o estado quando avançarmos nos cálculos para os demais blocos. Investir em saneamento básico vai garantir um meio ambiente menos degradado e melhores condições de vidas para essas pessoas”. (Por Luiz Martins)

Fonte: Instituto Trata Brasil

terça-feira, 12 de abril de 2022

Reder Circus na comunidade de Santa Cruz e região

No próximo sábado (16/04), o Reder Circus estreia temporada gratuita para estudantes e a comunidade de Santa Cruz e região.


Patrocinado pela Ternium, a maior Siderúrgica da América Latina, o Reder Circus chega em Santa Cruz pela primeira vez. A nova temporada do espetáculo Abracadabra já conta com pelo menos 60 sessões programadas até o dia 22 de maio, todas com entrada franca para a comunidade local, com a missão de levar cultura e entretimento para mais de 80 mil pessoas. O picadeiro do circo musical e tecnológico será montado na Estrada de Sepetiba, nº 3.433 (próximo ao complexo de escolas) e receberá o público em apresentações de quinta a domingo, incluindo feriados.


O espetáculo Abracadabra do Reder Circus conta com mais de 50 artistas no picadeiro. Além da superprodução com orchestra, cantores famosos, trapezistas, palhaços, conta ainda com a participação especial dos ginastas Diego Hypolito, maior medalhista mundial do Brasil e medalhista olímpico, e Daniele Hypolito, a primeira medalhista mundial do Brasil. A apresentação conta também com o talento e a voz dos Irmãos Braunna, campeões da terceira edição do reality Canta Comigo.

"Levar alegria e diversão é um dos nossos compromissos com a comunidade de Santa Cruz. Com a temporada completa e gratuita para os moradores, vamos impactar mais de 80 mil pessoas, levando cultura e entretenimento de forma gratuita. A apresentação Abracadabra do Reder Circus é um espetáculo fascinante e lúdico para todas as idades, e temos a certeza de que a comunidade de Santa Cruz irá aproveitar esta oportunidade única", explica a Gerente de Relações com a Comunidade da Ternium, Fernanda Candeias.

A distribuição gratuita dos ingressos será realizada pelo Reder Circus, em parceria com a 10ª Coordenadoria de Regional de Educação do Rio, com a 4ª Região Administrativa da cidade e com a Secretaria Municipal de Educação de Itaguaí. Cada escola da região receberá cotas de ingressos dos órgãos. Para reservar, basta que os pais consultem a secretaria das escolas e coloquem o nome na lista de cada sessão.

Em caso de lotação prévia, uma fila de espera será criada uma hora antes de cada apresentação para garantir que os 1,2 mil assentos do picadeiro sejam ocupados com gratuidade. A temporada em Santa Cruz é patrocinada exclusivamente pela Ternium, via Lei de Incentivo à Cultura, e realizada em parceria com a Secretaria Especial da Cultura, o Ministério do Turismo e o Governo Federal. Para mais informações, acesso o perfil do Reder Circus no Instagram.

Eventos:

Temporada completa e inédita do espetáculo Abracadabra do Reder Circus em Santa Cruz.

Data: De 16 de abril a 22 de maio de 2022;

Estreia: Sábado (16), às 15h

Horários: Quintas e sextas: 17h30 e 20h; Sábados, domingos e feriados: 15h, 17h30 e 20h;

Local: Estrada de Sepetiba, Nº 3.433, Santa Cruz (Próximo ao Complexo de Escolas), Rio de Janeiro - RJ.

Ingressos: Entrada franca, distribuída pelas escolas participantes. Para mais informações, acesso o perfil do Reder Circus no Instagram. (Por Luiz Martins)

Fonte: Gustavo Becker (DanthiComunicações) 

quinta-feira, 7 de abril de 2022

Museu do Amanhã acaba de ganhar mais um prêmio internacional

Na categoria " Melhor Experiência Digital" 


Museu do Amanhã - Foto: Luiz Martins

O Museu do Amanhã recebeu, nesta quinta-feira (07/04/2022), um importante prêmio internacional concedido a instituições, organizações artísticas e cidades que são destinos culturais. Considerado um Oscar dos museus, o Museu do Amanhã venceu o Leading Culture Destinations Award na categoria melhor experiência digital. Porque ampliou o alcance nas redes e engajou o público em 2021. Um dos legados mais importante da cidade do Rio. (Por Luiz Martins)

Dia do Jornalista

Aquela pessoa que se arrisca, que não tem tempo ruim, que faz tudo pela notícia e para entregar a verdade à população. 


Rio Media Center na Rio 2016 - Foto: Luiz Martins

Sem o Jornalismo, não teríamos mídias, pois tudo começa com a notícia.

Sem o Jornalismo, não teríamos a verdade, pois tudo começa nas apurações dos fatos.

Sem o Jornalismo, não teríamos o entretenimento, pois tudo começa nos bastidores. 

Os jornalistas são o elo entre a informação e o povo. E eu tenho orgulho de fazer parte desse grupo. Parabéns a todos os amigos de profissão. (Por Luiz Martins)

Postagens mais antigas Página inicial
Copyright © JORNAL IMPACTO | Suporte: Mais Template