segunda-feira, 13 de abril de 2020

Rio Star na Doação de Sangue

Rio Star e Hemocentro São Lucas fecham parceria para doação de sangue.

Ação tem como objetivo aumentar o estoque dos bancos de sangue, que registraram queda de 50% desde o início da pandemia do coronavírus.

Foto: Luiz Martins
A Rio Star, maior roda gigante da América Latina, acaba de fechar uma parceria com o Hemocentro São Lucas a fim de aumentar o número de doadores de sangue do órgão. O objetivo da ação é mudar o cenário de saúde atual, pois houve baixa de cerca de 50% nos estoques de sangue por conta da pandemia do coronavírus, que fez com que cada vez menos pessoas saíssem de suas casas.

Sendo assim, quem doar sangue na instituição entre 15 de abril e 15 de maio e guardar o comprovante tem direito a um desconto de 50% no ingresso da Rio Star, sendo uma bilhete por pessoa com validade de 30 dias. Basta apresentar o comprovante com data no momento da compra. A ação será válida apenas para quem adquirir ingressos na bilheteria da roda gigante após sua reabertura, cuja data ainda não está confirmada, mas será divulgada com antecedência por meio do site Rio Star.

Para fazer a doação de sangue, o candidato deve ter entre 18 e 69 anos, pesar acima de 50 kg, estar alimentado e portando algum documento de identidade original com foto.  O horário de atendimento é de segunda a quinta-feira das 08h às 17h e às sextas das 08h às 16h. 

O Hemocentro São Lucas fica localizado na rua Manoela Barbosa, 50, no bairro do Méier, Rio de Janeiro - RJ.

No entanto, é necessário prestar atenção em algumas restrições:

Pessoas que tomaram vacina de sarampo ou febre amarela só poderão doar sangue depois de 30 dias contados a partir da data da vacinação. Em relação à vacina da gripe, depende da composição. A equipe médica avaliará esse quesito no dia;

Candidatos que tenham feito transfusão de sangue só estão aptos a doar após 1 ano;

Se realizou endoscopia ou colonoscopia, deve aguardar 6 meses;
Para quem fez tatuagem ou colocou piercing recentemente, o período de espera também é de 6 meses;

Pessoas com piercing na língua não podem fazer a doação. Em caso de retirada da jóia, só será permitido depois de 1 ano;

Em se tratando de diabéticos, só pode doar se não for insulino dependente;
Para quem tiver hepatite, a doação só será permitida se o caso foi antes dos 11 anos de idade;

Em caso de cirurgias, deve se esperar de 3 a 12 meses. Porém, dependendo do tipo, o tempo pode oscilar. Tudo isso é avaliado junto à equipe médica no dia da doação;

No caso de uso de antibióticos, deve-se aguardar 14 dias após o término do tratamento se estiver sem sintomas.

De acordo com a Dra. Andressa Oliveira, médica do Hemocentro São Lucas, a parceria com a Rio Star vem em um momento muito importante, já que a pandemia do coronavírus reduziu os estoques de sangue em todos os hemocentros. “Apesar da orientação de seguirmos com o isolamento social, que é de fundamental importância, precisamos que as pessoas, de forma organizada e segura, façam o agendamento da doação de sangue em nossa unidade. Nosso ambiente de doação não está localizado dentro de um hospital e estabelecemos diversas ações para segurança, como: distanciamento das cadeiras, uso de EPI, agendamento e limpeza de todo mobiliário”, explica a profissional, ressaltando que uma única doação pode salvar até quatro vidas. “O processo é rápido e seguro, um simples gesto de amor e solidariedade pode gerar muitos sorrisos”, comenta.

Para a Rio Star, a iniciativa é uma forma de o parque devolver ao público carioca todo o carinho que vem recebendo desde a abertura. A atração reitera que é mais do sua obrigação colaborar para o bem-estar de todos em um momento tão delicado para nosso país. (Por Luiz Martins)

Fonte: Lidiane Costa - ViraComunicação
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Copyright © JORNAL IMPACTO | Suporte: Mais Template