segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021

Recreio, entre o rural e o urbano

Entre o rural e o urbano, Recreio dos Bandeirantes na zona oeste do Rio, pode se tornar uma área de interesse ambiental.

Foto: Luiz Martins

Recreio conta com muitas chácaras, sítios, ranchos e ainda é uma região que mantém a preservação do meio ambiente.

Preocupado com as construções desordenadas no bairro, o vereador Rogério Amorim quer que o Recreio torna-se uma área de interesse ambiental. O vereador Rogério Amorim (PSL) protocolou projeto que torna todo o bairro do Recreio dos Bandeirantes uma Área de Especial Interesse Ambiental. O projeto tem o escopo de desenvolver políticas e programas de proteção das condições do meio ambiente e preservar a qualidade de vida no bairro, que hoje tem mais de 80 mil moradores em cerca de 38 mil residências. A área do bairro da Zona Oeste, estimada em 32 metros quadrados, é conhecida no Brasil todo como local de rios, lagoas e florestas tropicais densas, além de grande extensão de praia.

Foto: Luiz Martins

Para o vereador, é óbvio que a cidade está crescendo rumo à Zona Oeste e é exatamente por isso que deve-se fazer um planejamento com sustentabilidade – com o objetivo de não diminuir a qualidade de vida.

Não queremos que a região deixe de se desenvolver, ter novas moradias e novo comércio, longe disso. Mas queremos que a riqueza em recursos naturais que valoriza tanto o bairro seja, sim, preservada – esclarece Rogério.

Um dos tópicos do projeto é justamente o de criar ferramentas para potencializar as características “verdes” da região.

Foto: Luiz Martins

Você pode criar atrações turísticas, por exemplo, nas lagoas, como acontece com a Ilha da Gigóia na Barra. Mas para isso não pode haver despejo de esgoto em rios e lagoas, senão não há turismo e geração de renda e empregos – diz. – E conter devastação de floresta é também uma forma de conter favelização e manter a valorização de imóveis no bairro. (Por Luiz Martins)

Fonte: Diário do Rio

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 coment�rios:

Copyright © JORNAL IMPACTO | Suporte: Luiz Martins