domingo, 21 de outubro de 2018

O Jogo não acaba quando termina

Quando andamos por aí, percebemos que o futebol está de tal maneira enraizado em nossa cultura que as traves permanecem no solo como uma árvore típica da terra.


Em alguns campos, percebemos que já faz muito tempo que não há jogo, mas o local permanece na esperança que o jogo recomece a qualquer momento. Até mesmo onde não existem mais gramas, as traves permanecem como um lugar sagrado.


Apesar de o Brasil não ser o berço do futebol, ele é conhecido no mundo todo como o país do futebol, e a história do futebol no Brasil se confunde com a própria história da sociedade e até mesmo da economia brasileira.


De origem inglesa, o jogo de futebol chegou ao Brasil em 1895. Segundo informações, quem trouxe o futebol para o país foi o Charles Miller, que estudava na Inglaterra, conheceu o futebol e quando retornou ao Brasil, apresentou uma bola que se tornaria um símbolo emblemático do país. Foi ele também quem trouxe as regras do jogo e que mostrou para seus amigos como o jogo funcionava.


Por isso, ele é conhecido como o pai do futebol brasileiro e teve participação efetiva no primeiro jogo realizado no país, que aconteceu na capital paulista em 14 de abril de 1895.


Considerado o esporte principal do país, o futebol se tornou um grande instrumento de manifestação da cultura nacional.


Sendo hoje um dos esporte mais populares no mundo e o mais praticado no Brasil, o futebol promove a interação entre as pessoas, pois não existem diferenças entre as classes sociais.


O futebol permeia o cotidiano e o imaginário dos brasileiros, pois mesmo daqueles que não apreciam e não acompanham o esporte, participam da torcida quando o jogo é da Copa do Mundo.


Está presente até mesmo na linguagem coloquial, em expressões como: “embolou o meio de campo, colocou fulano para escanteio, está na marca do pênalti, etc.”.
O futebol está na raiz do brasileiro. 
(Por Luiz Martins)
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Copyright © JORNAL IMPACTO | Suporte: Mais Template